Alto custo de energia elétrica faz uso de painéis solares disparar no Brasil

Alto custo de energia elétrica faz uso de painéis solares disparar no Brasil

Publicada no dia

Com aprovação do marco regulatório e financiamento de bancos, mais de 800 mil consumidores já estão gerando energia solar no Brasil, e esse número tende a aumentar nos próximos anos.

Somando o total de painéis solares instalados no Brasil, em empresas e residências, já somamos mais da metade da potência de uma usina em Itaipu, que abastece não apenas o Brasil, mas também o Paraguai.

De janeiro a novembro, houve alta de mais de 53%, o que correspondeu a um aumento de 4,7 para 7,3 GW de potência gerada. A principal diferença entre as duas fontes de energia é que a solar não precisou destruir florestas, realocar animais silvestres, mover populações residentes e interferir de forma negativa na biodiversidade - e, claro, não precisou movimentar bilhões de reais dos cofres públicos.

A COP 26, Conferência do Clima, realizada na Escócia, concluiu que a melhor solução para diversificar a matriz energética e reduzir a emissão de gases poluentes é investindo na produção de energia solar.

Por mais que esteja em expansão, o Brasil ainda não explora como poderia. Hoje ela representa apenas 2% da nossa matriz energética, mesmo o país tendo condições muito favoráveis para aumentar a produção, como área geográfica de proporções continentais e incidência solar durante o ano inteiro.

Alguns dados apontam que dos 88 milhões de consumidores de energia elétrica no Brasil, apenas 0,9% utilizam a energia solar para produzir eletricidade.

De todo modo, de 2020 para 2021, 450 mil novas instalações de placas solares foram feitas no Brasil. 

 

Por que o consumo de energia solar está aumentando no Brasil? 

Um dos principais motivos está ligado ao financeiro. Por conta de uma crise hídrica que começou em 2015, os custos de produção de energia aumentaram muito, visto que a solução encontrada pelo Governo Federal foi de aumentar a produção em termelétricas (uma vez que não havia água suficiente para movimentar as hidrelétricas).

Isso refletiu diretamente no bolso do consumidor, que desde então precisou arcar com reajustes todos os anos - em alguns períodos, duas vezes ao ano.

Hoje, a tecnologia para produzir energia solar é mais acessível e mais barata. Além disso, existem diferentes programas de financiamento de bancos como a Caixa para quem deseja instalar painéis - até mesmo para residências.

Para se ter uma ideia, em 2021 o país registrou uma alta de quase 25% no aumento das tarifas de energia elétrica - aumento esse relacionado à escassez de chuvas e à crise hídrica.

 

O aumento da produção durante a pandemia

Por conta da pandemia, o número de profissionais que migrou para o home office aumentou consideravelmente e, com isso, o consumo de energia elétrica. Foi outro motivo pelo qual tantas pessoas buscaram essa alternativa.

Segundo a Greener, uma empresa localizada em São Paulo e que promove pesquisas no setor de energia, no primeiro semestre de 2021 mais de 50% das instalações foram realizadas em residências. E em 2020, 39% de toda a produção era feita em residências, que ficaram à frente do comércio com 37% de participação no mercado. Para os interessados em fazer a instalação dos painéis, é preciso se ater a algumas informações importantes. 

Para começar, o sistema é flexível e modular, de acordo com as necessidades do cliente, consumo médio e, claro, tamanho do telhado. Porém, é necessário verificar se o telhado suporta o peso das placas fotovoltaicas e se há espaço suficiente para os equipamentos. Por exemplo, a caixa d’água pode ocupar muito espaço e diminuir a área disponível para instalação de outros equipamentos.

É preciso verificar também se há alta incidência de sol na região, ou se há muita sombra, especialmente em áreas onde há muitas árvores ou prédios, pois isso pode diminuir a capacidade de geração de energia dos painéis. Se a residência é alugada, é importante também negociar com o proprietário o abatimento no aluguel dos investimentos realizados. E, por fim, a concessionária de energia da região precisa aprovar o sistema! 

Em São Paulo, o tempo médio para aprovação varia de 2 a 3 meses. Mas mesmo que o consumidor não tenha telhado (impossibilitando a instalação dos painéis), é possível contratar esse serviço de forma remota. Existem empresas chamadas “fazendas solares” que produzem energia elétrica e a conectam às linhas de transmissão das concessionárias, que são responsáveis pela distribuição. Assim, os consumidores só podem contratar esse tipo de serviço remoto das empresas que trabalham em parceria com a empresa que detém a concessão da energia na região.

O que você acha da possibilidade de utilizar esse sistema de geração de energia? Deixe seu comentário abaixo!

Outras Notícias

d7482ad4-73f8-4023-82fa-39f72ef12d01
Previsões do Mercado Financeiro
0fcfa13e-e3a5-4628-acf8-440b334cb547
Tutorial de conexão de inversores SAJ à internet
881dd9bb-a448-47e0-a16b-beebead84260
619 mil placas destinadas à Usina de Caucaia chegam da China
742b8dec-3388-407c-844d-c228888c88bf
FGENERGIA – Garantia para Empréstimos do BNDES
c4c7b176-895c-4004-be5f-27327558a335
Lei sancionada pelo Presidente prevê energia solar subsidiada
b04e9f4d-fd5e-4fb3-89c9-608297bafc3f
Cuidados e pontos de atenção para o dimensionamento com módulos bifaciais
00c711ef-0d34-4ee0-9987-b37b701c1273
Brasil precisa incluir a energia solar no planejamento energético
b609c436-c699-4cd1-83ab-764b20698b80
Até 2045, quem já tem placas solares terá subsídio do governo!
0c50a2b1-e46b-42b0-bb0b-58fb180e7ad7
A melhor opção para projetos de Microgeração: Goodwe 73kW e trifásico 220V
76994385-1bf6-42db-b208-f4cc93fd5538
Energia Solar pode entrar em crise no Brasil?
Qualidade Garantida
Suporte Total de Nossos Consultores
Segurança e Conformidade

EDELTEC - SOLUÇÃO E TECNOLOGIA EM UM SÓ LUGAR
Rua Princesa Isabel 138, 5º Andar, Salas 51 à 54, Zona4, Maringá-PR. CEP 87.014-090 | CNPJ: 10.289.713/0001-70
Rua Domingos Rampelotti 3501, Galpão 01 A e B, São Roque, Itajaí - SC. CEP 88.317-600 | CNPJ 10.289.713/0003-32
COPYRIGHT © 2021 EDELTEC
Desenvolvido por
Ipolitus Desenvolvimento e Operações